Diminuir o tamanho da letra Aumentar o tamanho da letra Imprimir...

Cirurgia aproveita gordura para aumentar o bumbum

Marcelo Rosa 30 de novembro de 1999
Foto divulgação
Se o verão provoca aumento da procura pelo corpo perfeito, nas academias, o mesmo se observa nas clínicas e consultórios de cirurgia plástica. A boa notícia é que a mesma gordura que tanto incomoda mulheres, e até homens, pode ser aproveitada para aumentar o bumbum. A afirmação é do cirurgião plástico, Júlio Riva Neto, especialista em lipoenxertia, que consiste no aproveitamento da gordura retirada durante o processo de lipoaspiração.

“Os resultados que a cirurgia pode proporcionar nem a academia e nem a prática de exercícios físicos são capazes de oferecer”, ressalta o médico, que integra a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Júlio Riva lembra que, na lipoenxertia, a gordura passa por um processo de filtragem para retirar os fragmentos indesejáveis e, em seguida, é enxertada na área no bumbum.

O cirurgião plástico destaca que a lipoenxertia é uma técnica menos invasiva do que o implante de glúteo e os resultados obtidos são mais naturais, quase não há cicatrizes. O procedimento é indicado a pacientes que necessitem preencher pequenas áreas de depressão, ou para dar um pequeno aumento de projeção no bumbum. Júlio Riva orienta que para pessoas jovens e muito magras o mais recomendado é a prótese de glúteo, devido à falta de gordura.